sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

. diàlogos que mudam relações

Almoço: sopa de espinafres e tostinhas com queijo;
ele: estás tão calada! passa-se alguma coisa?
ela: não...apenas estou calada
ele: mas tu nunca és calada, fartas-te de falar e contar coisas...
ela: mas ag estou calada.
(cinco minutos de silêncio)
ele: urgg odeio este silêncio
ela: mas passavas a vida a dizer que eu falava demais
ele: eu sei mas...
ela: não vale a pena, isto foi só para perceberes como gostas de mim tal como sou, faladora e tudo e como no fundo gostas quando falo e falo e falo
ele: sim...
(ele cora até à ponta dos cabelos)
ele: tás me a fazer corar!
(ela fixa o olhar nele com carinho)
ele: para de olhar para mim, estás me a fazer corar! e olha que eu nunca coro, só tu para me deixares assim..nem sei bem porque estou a corar.
ela: tu pensas e pareces invencivel, intocavel, forte...mas depois chegou uma certa rapariga e fez te fragil, dependente só porque te apaixonas te loucamente por ela
ele: e a culpa é tua...
ela: eu sei, e ainda bem que ao fim de tanto tempo sentes realmente a dimensão do amor que partilhamos
(ele cora ainda mais)
(beijam-se)
(juntos)


p.s. ele é ele mesmo e ela sou eu mesma

7 comentários:

Eduardo disse...

Mtu fich ..;)

Margarida disse...

Lindo! :)

Há palavras e actos que mudam tudo... E tu, Andreia, és uma vencedora :)

Tu entendeste a mensagem :P

Beijinhoo* :)

Maria disse...

:) que continues a ouvir palavras que mudem a tua vida pra melhor*

Ricardo Vitorino disse...

:D fico feliz por ti ;)

bjs

comentador assiduo disse...

ja tou a espera do proxima post

SoFt disse...

tão bonito!

Exterminadora disse...

Ai que coisa mais linda ^^