quarta-feira, 11 de março de 2009

Posso te conhecer outra vez? até sermos de novo o que somos agora?
p.s. amo-te tanto

3 comentários:

The great redish wizard disse...

So you dream about the past, my child.
Peacefull moments of freedom.
The fire burning, sparks flying like butterflies...
The green fields of vain where we met.
Ghosts whispering wise words, while we make love.
Those hot summer nights with you, filled with perfection.
Stars rising upon our heads and you are dreaming about the past.

So you dream about the past, my child.
Moments of joy and pleasure.
Do you wish to risk what we have for what we had?
Start again and follow the same lines of life?
Or follow a different one, from the thousands and thousands that surrond our eternal life?

Luís disse...

na vida, só há uma oportunidade para impressionar.

.lado errado do coração disse...

Caro leitor que assinou como Luís, conheço te pessoalmente?

concordo totalmente quando aos comentarios do carnaval, de começar a trabalhar e mais ou menos em relaçao aos senhores da carris.

Mas só posso discordar quanto aos comentarios dos outros dois posts.

Primeiro porque os amores mais dificeis nao significam que as pessoas nao se amem e nao se queiram mutuamente, apenas nao é uma relaçao pacifica mas digamos mais agua com azeite.

E segundo porque no ultimo post, eu nao queria voltar a conhecer a dita cuja pessoa para a poder impressionar de novo mas sim porque o momento em que nos conhecemos era algo que nao me importaria de viver de novo e de novo e de novo, é algo que guardo no coraçao com carinho.

mas talvez o futuro seja ainda melhor

cumprimentos,
O lado errado do coraçao